“Eu amo Trás-os-Montes naquele silêncio das florestas e das estradas afastadas que aguardam ora a neve, ora o pavor do Verão. Amo-o ainda mais quando vejo a cor da terra e a sombra dos seus castelos em ruínas, quando suspeito o fundo dos rios, os recantos junto dos açudes e a altura das árvores. E perco-me desse mal de paixão, quando, de longe, Trás-os-Montes se assemelha vagamente a uma terra prometida aos seus filhos mais distantes, ou mais expulsos, ou mais ignorados, ou mais mortos apenas. E amam-se aquelas árvores porque vêm do interior da terra, justamente, sem invocar a sua antiguidade ou a sua grandiosidade. Ama-se o frio, até, o esplendor das geadas sobre os lameiros, o sabor da comida que nunca perdeu a intensidade nem a razão. E amam-se os rios, os areais, os poços das hortas, as cancelas de madeira que vão perdendo a cor, e talvez se amem o fogo das lareiras, os ramos mais altos dos freixos e das cerejeiras, os jardins abonecados das suas cidades, o granito das casas, o cheiro das aldeias onde ao fim da tarde se chama paz ao silêncio e se dá nome de chuva à água do céu.”
Francisco José Viegas

segunda-feira, 30 de abril de 2007

Um Fidalgo em Erasmus na Suécia







Olá a todos!






Ontém estava no messenger a falar com o meu vizinho Daniel Pires, estudante de Turismo no Instituto Politécnico de Portalegre sobre a tristeza que se apoderou de nós ao sabermos que o nosso Desportivo de Chaves caiu da Liga de Honra para a II Divisão, de facto a nossa conclusão foi simples, mais uma vez o peso da interioridade venceu!


Continuamos a nossa conversa, e lá o convenci a enviar-me algumas fotos do local onde actualmente se encontra! O nosso amigo Daniel encontra-se na Suécia a estudar graças ao programa Erasmus, que é financiado e patrocinado pela União Europeia! Para ele está a ser uma aventura ímpar e inesquecível! Segundo ele, Estocolmo é um mundo, onde viver é a premissa principal, longe dos dogmas e proconceitos que ainda vigoram no nosso País!



Não é por acaso que o Norte da Europa é a região do Mundo com mais elevado Índice de Desenvolvimento Humano, dando um bailinho aos Estados Unidos, ou a outros países da Europa Central!



Não é esta a Europa que desejamos? Onde todos tenhamos lugar, um lugar pluri cultural, multi-lingue?



Boa Sorte Daniel! Saudações desde Lisboa e Paradela!


http://www.marciosantos21.spaces.live.com--->My Space

2 comentários:

Virginie disse...

Beijo grande cheio de saudades para o meu priminho...Não me importava nada de estar no sítio dele...A Suécia deve ser um mundo!!!

Joaquim Carvalho disse...

Parabéns.
O mérito de seres o pioneiro desse programa entre os Fidalgos ninguém to tira.
Esperamos que seja o primeiro de muitos.
Saudações Fidalgas