“Eu amo Trás-os-Montes naquele silêncio das florestas e das estradas afastadas que aguardam ora a neve, ora o pavor do Verão. Amo-o ainda mais quando vejo a cor da terra e a sombra dos seus castelos em ruínas, quando suspeito o fundo dos rios, os recantos junto dos açudes e a altura das árvores. E perco-me desse mal de paixão, quando, de longe, Trás-os-Montes se assemelha vagamente a uma terra prometida aos seus filhos mais distantes, ou mais expulsos, ou mais ignorados, ou mais mortos apenas. E amam-se aquelas árvores porque vêm do interior da terra, justamente, sem invocar a sua antiguidade ou a sua grandiosidade. Ama-se o frio, até, o esplendor das geadas sobre os lameiros, o sabor da comida que nunca perdeu a intensidade nem a razão. E amam-se os rios, os areais, os poços das hortas, as cancelas de madeira que vão perdendo a cor, e talvez se amem o fogo das lareiras, os ramos mais altos dos freixos e das cerejeiras, os jardins abonecados das suas cidades, o granito das casas, o cheiro das aldeias onde ao fim da tarde se chama paz ao silêncio e se dá nome de chuva à água do céu.”
Francisco José Viegas

domingo, 10 de janeiro de 2010

E tudo de branco ficou...

Começou a nevar com alguma intensidade ainda da parte da manhã, diminuindo por volta das quinze horas . Na nossa zona, durante o dia as estradas estiveram transitáveis, o que me permitiu circular de carro e assim tirar fotografias em vários pontos geográficos, incluindo Travancas e S. Cornélio .



A neve faz falta, costumo ouvir dizer : "deixábir, também desinfecta as terras."


A neve não era muita, o que não impediu de os rebanhos irem apascentar .


O campo da bola mais parecia uma pista de desportos de Inverno


Travancas da Raia
S. Cornélio
Durante a noite não sei se voltará a nevar, mas de uma coisa tenho a certeza, está cá um frio de cortar à faca ! Por momentos, quase que se me congelavam os dedos das mãos ao andar a fotografar .
A neve que caiu durante o dia não foi tão intensa como na ultima nevada .

3 comentários:

Márcio Santos disse...

Ficou bastante aquem do que esperava! De facto a precipitação ficou muito a sul do que os modelos mostravam! Por exemplo em Vila Real capital passaram dos 10 cm de neve acumulada!

Enfim... :( Fica para a proxima.

euroluso disse...

Sempre gostei de neve e quando cai uma nevada em Trás-os-Montes, se não assisto fico com pena.
Desta vez, porém, valeu-nos o seu amor à terra, a sua coragem e a sua vontade de partilhar connosco o manto de branco que voltou a cobrir as nossas aldeias. Obrigado por ter mostrado também imagens de Travancas. Um gesto bonito, o seu.

euroluso disse...

Márcio não tenha pena! É claro que para nós, os que tanto gostamos de nevadas, dá prazer assistir a um grande nevão mas a sua previsão "segunda-feira não há aulas" foi bestial!