“Eu amo Trás-os-Montes naquele silêncio das florestas e das estradas afastadas que aguardam ora a neve, ora o pavor do Verão. Amo-o ainda mais quando vejo a cor da terra e a sombra dos seus castelos em ruínas, quando suspeito o fundo dos rios, os recantos junto dos açudes e a altura das árvores. E perco-me desse mal de paixão, quando, de longe, Trás-os-Montes se assemelha vagamente a uma terra prometida aos seus filhos mais distantes, ou mais expulsos, ou mais ignorados, ou mais mortos apenas. E amam-se aquelas árvores porque vêm do interior da terra, justamente, sem invocar a sua antiguidade ou a sua grandiosidade. Ama-se o frio, até, o esplendor das geadas sobre os lameiros, o sabor da comida que nunca perdeu a intensidade nem a razão. E amam-se os rios, os areais, os poços das hortas, as cancelas de madeira que vão perdendo a cor, e talvez se amem o fogo das lareiras, os ramos mais altos dos freixos e das cerejeiras, os jardins abonecados das suas cidades, o granito das casas, o cheiro das aldeias onde ao fim da tarde se chama paz ao silêncio e se dá nome de chuva à água do céu.”
Francisco José Viegas

terça-feira, 16 de fevereiro de 2010

Carnaval 2010

Este ano fiz questão de estar presente na noite da roubada dos burros e de manhã cedo na preparação da charrete do Home e da Mulher . Estas imagens para mim valem "ouro"... Uma das nossas ricas tradições e única na nossa região com tendência a acabar, o que é uma grande pena ! Mas apesar de alguns esforços lá se vai mantendo .
Algumas das traquinices da rapaziada na noite anterior .

Sem comentários...

Atravessando "aquelabanda" em direcção a casa do Bino, de manhã bem cedinho !

Vejam lá , que este ano até o Bino se ficou a dormir ! Lá o chamamos para "junguir" a sua égua e correr o Home . Acabou por aparecer em chinelos, pois teve que voltar para trás e calçar as suas botas . Até que por fim lá saímos .


O Carnaval esteve muito animado, graças também à iniciativa das (estudantes) do curso profissional na escola da nossa aldeia . Pois estiveram muitíssimo bem !!!




Não sei porque razões, mas desta vez o Bino não comandou a tradicional marcha de entrada dos famosos caretos, talvez por a marcha ter sido um pouco mais rápida , visto que os caretos estavam atrasados, então o Bino não os conseguiria acompanhar .




Não quis estar a prolongar muito o texto, porque ainda temos o vídeo que se segue........


5 comentários:

euroluso disse...

Bem me diverti com as pantominices mostradas nas fotos e no vídeo. O festejo do entrudo mostra que Paradela vive, que não morreu como outras aldeias à volta.

Anónimo disse...

Bravo Paulo, e muito obrigada pelo trabalho.
so nao sei se so acontece a mim, mas nao consigo ver o video, ta sempre a falhar.
um beijinho a todos
A.F

Paulo Ferreira disse...

Obrigado, também pelo seu agradecimento, A.F !!! O video que não consegue ver é o do carnaval deste ano ? Em ultimo recurso pode fazer uma actualização nos formatos de leitura dde ficheiros em "little pack codec".É grátis ...
Tente pelo menos...

Moinante disse...

Cada vez k vejo estes videos e estas fotos, que saudades k eu sinto do carnaval e das coisas k nós armava-mos

Sara disse...

parabens Paulo pelas fotos e pelo video esta muito giro....
mas o k eu mais gostei de ver foi o meu filho...
um grande beijo para ele..