“Eu amo Trás-os-Montes naquele silêncio das florestas e das estradas afastadas que aguardam ora a neve, ora o pavor do Verão. Amo-o ainda mais quando vejo a cor da terra e a sombra dos seus castelos em ruínas, quando suspeito o fundo dos rios, os recantos junto dos açudes e a altura das árvores. E perco-me desse mal de paixão, quando, de longe, Trás-os-Montes se assemelha vagamente a uma terra prometida aos seus filhos mais distantes, ou mais expulsos, ou mais ignorados, ou mais mortos apenas. E amam-se aquelas árvores porque vêm do interior da terra, justamente, sem invocar a sua antiguidade ou a sua grandiosidade. Ama-se o frio, até, o esplendor das geadas sobre os lameiros, o sabor da comida que nunca perdeu a intensidade nem a razão. E amam-se os rios, os areais, os poços das hortas, as cancelas de madeira que vão perdendo a cor, e talvez se amem o fogo das lareiras, os ramos mais altos dos freixos e das cerejeiras, os jardins abonecados das suas cidades, o granito das casas, o cheiro das aldeias onde ao fim da tarde se chama paz ao silêncio e se dá nome de chuva à água do céu.”
Francisco José Viegas

domingo, 14 de julho de 2013

5º Encontro de Fidalgos

Como já vem sendo habitual, realizou-se ontem, dia 13 de Julho, no Parque Natural de Cabeço de Montachique, mais um encontro nacional de Fidalgos. Este ano foi já o 5º.

Estiveram presentes cerca de 50 Fidalgos e familiares. Como já vem sendo habitual, o dia foi bastante animado, com mesa farta e boa pinga.

Parabéns aos “mordomos” António Fernandes, Artur Rodrigues, Elza Cunha e Lurdes Vila Nova.

E porque os últimos são sempre os primeiros, uma palavra de reconhecimento para a Isabel Carriço (esposa do Artur) pela excelente fornada de pão à boa moda Fidalga.







































































2 comentários:

Paulo Costa disse...

Foi com muito agrado e prazer que convivi com as pessoas de Paradela de Monforte. Embora não seja desta terra, sou de Chaves - Quintela e como convidado, quero agradecer a simpatia das pessoas e da boa organização do almoço.
Tenho que realçar a boa disposição e alegria que que fez parte do excelente dia.
Parabéns aos organizadores que não nos deixou passar fome nem sede.

O meu muito obrigado
Paulo Costa

Anónimo disse...

Foi um dia excelente!
A comissão de festas está mais uma vez de parabéns.
Idalina